Cascavel

05/02/2020

Tecnologia voltada à Apicultura tem espaço garantido no Show Rural Coopavel 2020

Há quem garanta que sem as abelhas a humanidade não sobreviveria. Importantes para a polinização das mais diversas culturas, elas recebem atenção especial durante a 32ª edição do Show Rural Coopavel, realizado até a próxima sexta-feira (07), em Cascavel. Na área do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater, o estande da apicultura está mostrando ao público alguns sistemas de cultivo. Além disso, os extensionistas também orientam os produtores rurais sobre o uso de equipamentos na atividade.

“Hoje, quase todos os produtores rurais estão conscientes da importância da abelha e possuem a colmeias em suas propriedades. O que estamos demonstrando aqui são as melhores formas de criar as abelhas e as várias espécies que podem ser utilizadas na região”, conta o extensionista Nilo Deliberali.

Entre os sistemas de criação demonstrados no Show Rural estão a criação em caixas e o cultivo do favo diretamente em vidro. Três tipos de abelhas estão sendo demonstradas: a abelha sem ferrão, a abelha solitária e a abelha com ferrão. Há também novas tecnologias em exposição, como um equipamento que derrete a cera de abelha, usando a energia solar. Os extensionistas também preparam uma área com várias espécies de plantas que podem fornecer alimento para as abelhas e podem ser cultivadas nas propriedades da região.

Atualmente, a região de Cascavel já começa a ter uma produção significativa de mel e derivados. Uma boa parte desses produtos está presente no Barracão da Agroindústria do Show Rural. Mais que esse aspecto comercial, os técnicos estão chamando a atenção dos produtores para os cuidados com a preservação das abelhas. "Hoje em dia, as abelhas estão sendo dizimadas em boa parte pelo uso indiscriminado de agrotóxicos. Os agricultores têm que tomar consciência de que devem trabalhar para manter a lucratividade de suas propriedades, mas também precisam olhar o lado ambiental, que pressupõe o convívio harmônico com as abelhas", ressaltou Deliberali. O extensionista lembra que a manutenção de colméias nas propriedades aumenta a produtividade das lavouras, já que as abelhas polinizam as lavouras, e elas ainda produzem mel, própolis e pólen, produtos valorizados no mercado.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.