Cascavel

05/02/2020

Qualidade da água é destaque na área de piscicultura do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Iapar-Emater no Show Rural

O uso de tecnologia avançada não será suficiente para produzir peixe em quantidade se não houver água de qualidade. A opinião é dos especialistas em piscicultura. Para eles, é preciso preservar tanto os rios, quanto açudes e outros cursos d'água. Durante o Show Rural Coopavel 2020, que se realiza em Cascavel até a próxima sexta-feira (07), os extensionistas do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Iapar-Emater  estarão conscientizando os piscicultores sobre a importância da melhoria da qualidade da água que é devolvida aos rios da região após os ciclos de produção de peixes.

A região Sudoeste concentra um grande número de viveiros, para os quais a água de qualidade é fundamental durante todo o ciclo da produção. “Hoje, já não precisamos falar de tecnificação. Nossos produtores e cooperativas já dominam as tecnologias de produção. O que ocorre é que precisamos cuidar da qualidade da água que devolvemos aos rios. Caso contrário, de nada adiantará termos a melhor genética do peixe, maior qualidade dos insumos e alta tecnologia de equipamentos”, afirma o extensionista Altair Luis Gede.

A evolução da piscicultura se comprova pelos dados colhidos nas propriedades nos últimos anos. “Quando iniciamos o processo da piscicultura na região os peixes iam para o abate com cerca de 300 g. Atualmente, já temos produtores obtendo 900 g por peixe e uma média de 3,5 kg por m2 do espelho da água. Porém, esse incremento na produção gera mais detritos nos tanques, consequentemente, também nos rios”, conclui Gede.

Na área reservada ao Instituto de Desenvolvimento Rural - Iapar-Emater  no Show Rural o produtor encontrará orientações sobre todo o processo do manejo produtivo. Vale destacar  a utilização de biorremediadores para ajudar na decomposição de resíduos da alimentação dos peixes e na redução da matéria orgânica na água e no solo dos viveiros. O uso dessas novas tecnologias pode garantir que a piscicultura seja sustentável e os recursos naturais sejam preservados. 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.