Campo Mourão

29/10/2019

Instituto Emater orienta instalação de hortas em escolas na região de Campo Mourão

Escolas da região de Campo Mourão, principalmente as localizadas em áreas rurais, vão participar de um projeto de instalação de hortas. A iniciativa é o resultado de uma parceria  firmada entre o Núcleo Regional da Secretaria Estadual de Educação e o Instituto Emater. Dezesseis escolas rurais devem ser beneficiadas pelo projeto. O objetivo é estimular a alimentação saudável, por meio da implantação de hortas, bem como incentivar mudanças nos hábitos alimentares dos estudantes. Desta forma, os organizadores do projeto pretendem contribuir para a redução da obesidade, anemia e diabetes infantil.

Os extensionistas do Instituto Emater irão orientar os estudantes sobre as técnicas de instalação das hortas. José Carlos Denck, da Emater de Nova Cantu e coordenador  desse trabalho, disse que durante as atividades, as crianças vão aprender técnicas de manejo do solo e de produção de alimentos. "Também irão programar o plantio de vegetais destinados à alimentação nutritiva e sustentável, com atividades envolvendo várias disciplinas, integrando estudantes, professores, agentes de apoio e comunidades das escolas públicas estaduais"    , explicou Denck.

O projeto pretende incluir atividades teóricas e práticas no cotidiano dos estudantes. Além  da implantação das hortas, os alunos vão contar com orientações sobre os benefícios do consumo de alimentos naturais e sem agrotóxicos. Os estudantes também serão estimulados a se envolver com o trabalho, passando a multiplicar o que aprenderem junto à família e à comunidade.

Para organizar o trabalho em Campina da Lagoa, esta semana foi realizada uma reunião com o corpo diretivo de todas as escolas do município, nas dependências da Secretaria Municipal de Educação. Na ocasião José Carlos Denck demonstrou os benefícios que a comunidade escolar e seu entorno recebem com a instalação da horta escolar. Também foi discutida a  interdisciplinaridade que envolve o tema, já que o projeto possibilita a discussão de conceitos de educação ambiental, alimentação saudável e sustentabilidade ambiental. A partir dessa reunião ficou decidido que as hortas devem ser implantadas em, no mínimo, sete escolas. Na sequência serão feitas visitas para levantar potencialidades e fragilidades nos espaços possíveis de serem usados para a atividade.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.