Apucarana

25/10/2019

Famílias de Novo Itacolomi aumentam renda

Em Novo Itacolomi diversas famílias da área rural estão melhorando suas condições de vida graças aos recursos do programa Família Paranaense/ Renda Agricultor Familiar. Além de suporte financeiro, as famílias recebem orientação técnica para investir em atividades produtivas como a criação de suínos, pecuária leiteira, piscicultura, fruticultura e prestação de serviços.

Até o momento o programa atendeu 25 famílias do município. A proposta é desenvolver projetos de inclusão produtiva e segurança alimentar, melhorando a alimentação das famílias e gerando excedente para a comercialização.

Vilma Aparecida Firmino da Silva e Luiz Antonio de Souza foram beneficiados pelo programa. A primeira parcela do recurso foi usada para adquirir adubo e melhorar a produção do pomar de maracujá. Semanalmente o casal colhe, em média, 400 quilos da fruta, o que garante uma boa renda à família. A pecuária leiteira foi a opção dos produtores Cleuza Giraldi e José Helio dos Santos. Eles adquiriram uma vaca leiteira, chamada de "Fortuna". Segundo o casal, ela é a melhor vaca do plantel e produz 30 litros de leite por dia, em média.
Esses exemplos mostram como a aplicação de recursos, quando bem orientada, pode refletir em melhoria da vida no campo. Vale ressaltar o empenho e a dedicação das famílias beneficiárias que têm o compromisso de seguir as orientações técnicas e investir em atividades que possam gerar renda.

O projeto Renda Agricultor Familiar identifica as famílias rurais inseridas no Cadastro do Família Paranaense, e a partir do projeto produtivo, visa o desenvolvimento econômico e social das famílias. Os técnicos do Instituto Emater acompanham as famílias e elaboram um projeto produtivo. A partir daí o programa transfere recursos financeiros não-reembolsáveis para os beneficiados. Cada família recebe de R$2.000 a R$ 3.000, em duas parcelas, junto com o valor do Bolsa Família. O valor é investido inteiramente no projeto produtivo.

A maior parte das famílias de Novo Itacolomi está aguardando a segunda parcela de recursos para concluir os seus projetos e desenvolverem ainda mais a agricultura familiar no município. O projeto é desenvolvido em parceria com o CRAS e a Prefeitura de Novo Itacolomi, contando com a participação dos extensionistas Adilson Dias Novaes e Emerson Aparecido de Almeida, da equipe técnica local e Rafaela Cristina Bernardo, coordenadora regional do Instituto Emater..
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.