Campo Mourão

02/04/2018

Planejamento da produção de olericolas é tema de curso em Luiziana

Um grupo de 14 produtores de Luiziana participou de um curso sobre olerícolas, de 15 a 22 de março, parte do processo de capacitação do projeto Horti-Mais, desenvolvido pela Prefeitura, Senar e Instituto Emater. Todos os agricultores entregam sua produção ao PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e são atendidos pelo Instituto Emater.

Os produtores discutiram com os técnicos aspectos diversos da produção das principais hortaliças do Paraná. Além disso, o planejamento da produção, comercialização e logística de mercado tiveram destaque durante o encontro. Os técnicos apontaram algumas opções para o escoamento da produção em mercados locais e regionais.  Segundo Laura da Silva, do Instituto Emater, a expectativa é que agora, com orientações mais precisas, os agricultores tenham um norteador no momento de decidir o que plantar. “O curso qualifica os produtores de hortaliças e dá condições para que eles possam melhorar a eficiência e a lucratividade de suas explorações, de forma sustentável, tornando contínua a oferta de produtos de qualidade para a merenda escola”, ressaltou Laura.

Os 14 produtores que participam do Horti-Mais têm, em média, áreas de 300 metros quadrados cada um. São hortas onde se produz de tudo um pouco, de temperos a hortaliças e frutas. A produção por safra chega a 2.000 quilos e chega a mais de 850 alunos das escolas locais. O valor do último contrato de venda chegou a R$100 mil, o que é uma boa alternativa de renda para os agricultores.

Fonte: Instituto Emater – UM de Luiziana. Fone: 44-3571 1100, E-mail: luiziana@emater.pr.gov.br
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.