Francisco Beltrão

09/03/2018

Emater organiza pavilhão da agroindústria familiar na Expobel

O Instituto Emater é parceira da Associação Empresarial de Francisco Beltrão, da prefeitura e Sociedade Rural para a organização do Pavilhão da Agroindústria Familiar dentro da Expobel-2018. A exposição agropecuária acontece em Francisco Beltrão, a partir desta sexta-feira e até o dia 18. No espaço, mantido dentro do parque, os extensionistas do Instituto promoverão três eventos técnicos: a exposição de pequenas agroindústrias da região, a unidade didática que tem a programação de cursos e oficinas e o Café rural este organizado por agricultoras da comunidade Jacutinga. Além disso, no dia 13 de março acontece o Seminário Regional da Agroindústria Familiar.

POLÍTICAS PÚBLICAS - O gerente regional da Emater de Francisco Beltrão, Orley Jair Lopes, explica que o Seminário é uma ação realizada junto com a Universidade Federal Tecnológica do Paraná, em parceria com a Unicafes, Agência de Desenvolvimento, prefeituras da região e Assema. O tema dos debates será Estratégias para políticas públicas e Programa regional para a atividade.

"Objetivo é apresentar dados do diagnóstico sócio econômico em unidades agroindustriais pesquisadas, focando em gargalos e em pontos fracos e fortes visando o desenvolvimento do setor”, explica Orley. Além disso, segundo o ele, o seminário discutirá ações e estratégias para a formulação de políticas públicas e um programa regional para o setor. Também tratará dos canais de comercialização, pensando, inclusive, no fortalecimento das cadeias curtas de venda (venda direta, feiras e mercado institucional). Outro ponto é buscar a valorização dos produtos locais, especialmente aqueles transformados, com valor agregado, capazes de promover o desenvolvimento do espaço rural", relata o gerente regional.

Ele lembra que o Sudoeste possui inúmeras unidades familiares de transformação agroalimentar de pequeno porte, envolvendo as cadeias produtivas do leite (queijos), carnes (linguiças, salames, copa, frango diferenciado), frutas e hortaliças (processamento mínimo, geleias, doces e sucos), cana-de-açúcar (açúcar mascavo e melado), uva e peixes.
Diagnóstico realizado recentemente pela Emater e UTFPR mostra que, entre as carências das pequenas agroindústrias da região estão desconhecimento da legislação sanitária para a legalização do empreendimento, dificuldade de acesso ao crédito, pouca valorização da produção artesanal e pequena inserção da mulher na atividade. "O seminário é uma oportunidade para discutir os entraves e tratar das potencialidades que podem levar à estruturação de ações e estratégias e até a formulação de políticas públicas para o setor", finaliza Orley.

PRODUTOS - No espaço destinado aos expositores haverá apresentação, degustação e comercialização de produtos da agroindústria familiar. Os empreendedores são de Capanema, Realeza, Francisco Beltrão, Marmeleiro, Salgado Filho e Verê. Eles levarão para a Expobel produtos como embutidos de carne, panificados, derivados de leite, vinhos, sucos, cachaça, polpas e doces de frutas, derivados de cana-de-açúcar e conservas.

O Café Rural será um espaço onde o visitante da exposição poderá saborear produtos elaborados por agricultores que em sua comunidade se dedicam em oferecer alimentos diferenciados e produzidos nos moldes da tradição caseira e familiar. Estará disponível um cardápio com mais de 40 variedades de alimentos e ainda sucos e frutas.
A Unidade Didática será uma sala especialmente preparada para ministrar cursos e oficinas rápidas e que dará a oportunidade para os participantes conhecerem boas alternativas de aproveitamento saudável de produtos diversos e até inovadores. Eles serão orientados por profissionais das áreas de alimentação e nutrição, recebendo dicas para melhoria nas dietas diárias da família.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.