Toledo

11/08/2017

Instituto Emater elabora projetos de Conservação de estradas rurais

O trabalho de conservação do solo está chegando à comunidade Salamanca, no município de Guaíra. Na última quarta-feira, dia 9, os técnicos do Instituto Emater promoveram uma reunião com os moradores do local. O tema foi a importância do sistema conservacionista de solos. A comunidade também recebeu os projetos de readequação de 66 km de estradas rurais.

A comunidade de Salamanca é uma das mais distantes da sede do município, 45 km, e por essa razão os moradores têm pouco acesso aos serviços públicos. Os extensionistas estão beneficiando 45 famílias com a Chamada Pública “Sustentabilidade Oeste”, com recursos da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário.

Durante a reunião os produtores tiveram a oportunidade de conhecer e discutir as práticas conservacionistas de solo, com o objetivo de reduzir o assoreamento dos rios. De acordo com os extensionistas, o assunto merece atenção especial em Guaíra, devido à presença do Lago de Itaipu. O assoreamento pode comprometer a geração de energia e a sobrevivência de peixes no lago, gerando um forte impacto na vida de mais de 250 famílias de pescadores artesanais. A adequação das estradas e as obras do entorno, para que toda a microbacia seja preservada dos efeitos da erosão, também foi um tema tratado com os moradores da comunidade Salamanca.

A administração municipal e repreentantes da Itaipu fizeram a entrega de 50 Projetos de adequação de estradas rurais. Os projetos foram elaborados pelos extensionistas do Instituto Emater de Guaíra, Afonso Faccin e Lauro Ramos Silva Junior. Esse trabalho tem contribuído para fortalecer os vínculos da Extensão Rural com a prefeitura, secretarias e, especialmente, as comunidades rurais. Os projetos serão executados com recursos do programa Cultivando Água Boa, no valor de R$ 3 milhões.  “Há muito tempo a comunidade esperava por esse trabalho. E a readequação das estradas coroa com êxito a finalização da Chamada Pública que permitiu, nestes três anos, uma maior integração das famílias com o corpo técnico do Instituto”, afirmou Afonso Faccin.

A solenidade de entrega dos projetos contou com a presença do prefeito Heraldo Trento; Sérgio Scherer, representante da Itaipu Binacional; Sinomar Neto, secretário municipal de Agricultura e de Sebastião Marcato, presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural do município, além de vereadores do município.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.