Apucarana

11/08/2017

Assentados e técnicos debatem plantas medicinais

Nos dias 02 e 03 de agosto em Arapongas aconteceu o curso Cultivo de Plantas Potenciais, Medicinais e Aromáticas para técnicos e produtores no assentamento Dorcelina Folador – Distrito de Aricanduva, com 21 participantes. O curso, ministrado pelo Dr. Cirino Corrêa Junior, tratou dos requisitos tecnológicos para a produção com qualidade e mercado. O objetivo principal foi organizar um programa de produção das espécies na região como: Cúrcuma, Alcachofra, Alecrim, Alfavaca/Manjericão, Calêndula, Capim-limão ,Espinheira-santa, Fáfia, ginseg brasileiro, Funcho, Gengibre, Guaco, Hortelã, Melissa e Urucum, dentre outras.
 
A região de Apucarana localizada no centro-norte do Paraná tem condições adequadas para o cultivo dessas espécies e já foi importante no cultivo de Estévia.
Em Jandaia do Sul um produtor cultiva capim limão e tem a intenção de ampliar a área e de cultivar outras espécies. A extensionista Adriana está verificando a possibilidade de o mesmo instalar uma unidade de beneficiamento (secador, triturador, mesas e demais equipamentos.) e assim melhorar a qualidade do seu produto e transforma-la numa unidade demonstrativa para que demais interessados acompanhem essa tecnologia.

No Paraná a cadeia produtiva das Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares envolve mais de 1800 produtores, com área cultivada de seis mil hectares, movimentando cerca de 78 milhões de reais por ano. Em relação a 2008, isso representa um aumento de 33% na quantidade de produtores e 82% na área cultivada e na produção. Sendo o Paraná responsável por 90% da produção nacional.


Apucarana, 07 de agosto de 2017


Carta de Agradecimento
Boa tarde Cirino, apresentamos aqui nossos sinceros agradecimentos pela sua vinda, pedimos desculpa pelas falhas técnicas inclusive na participação que acreditávamos chegaria aos 30 participantes, mas acreditamos termos alcançado o objetivo maior que é de avançar para consolidar o plantio de medicinais no norte do Paraná, e sua vinda veio dar o impulso que precisávamos, hoje de manhã conversando com a Adriana/Emater, ela estará fazendo contato com três produtores de Jandaia e vamos fazer uma reunião conjunta para deliberarmos sobre o plantio e organização do grupo, e se houver demanda ela poderá estar trabalhando junto com nós.. E vamos trabalhar para a visita em Imbituva.
Mais uma vez nosso agradecimento, em meu nome um muitíssimo obrigado,
Um grande abraço de todos

Rede Colméia de Economia Solidária
Renato Munhoz
Diretor/Presidente
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.