Ponta Grossa

08/08/2017

Emater prepara novas ações para o projeto Centro-Sul de Feijão e Milho

Técnicos e pesquisadores da Emater, Iapar, Embrapa, Syngenta e prefeituras participaram, de 1 a 3 de agosto, em Ponta Grossa, de treinamento de atualização sobre tecnologias de produção de grãos, com enfoque nas culturas do feijão e do milho. O evento, que reuniu 89 participantes, faz parte das atividades do Projeto Centro-Sul de Feijão e Milho e tem objetivo de preparar os profissionais para as ações da safra 2017-2018, com a instalação e acompanhamento de unidades demonstrativas (lavouras modelo) e prestação de assistência técnica direta aos agricultores familiares assistidos pelo  Projeto.

O treinamento abordou conteúdos sobre manejo e fertilidade do solo, mercado de grãos, aspectos fitotécnicos das culturas, melhoramento genético, inoculação e co-inoculação de sementes, manejo de pragas, de doenças e de plantas invasoras, e agricultura de precisão para produtores familiares. Também foram discutidas recomendações e orientações de acompanhamento e apresentação de relatos do trabalho já realizado até aqui.

As unidades de referência de milho e feijão serão instaladas com a colaboração e o apoio de produtores assistidos. Estas áreas serão unidades usadas para atividades de difusão de tecnologias e visam promover a  capacitação dos agricultores tendo em vista o aumento da produtividade e da renda das famílias. Também servirão para a promoção de boas práticas agrícolas, tendo como resultado a produção de alimentos seguros, cuidado com o ambiente e segurança para o trabalhador.

Nesta safra serão instaladas 86 Unidades demonstrativas de feijão e 77 de milho, envolvendo 49 municípios e tendo 58 técnicos responsáveis pelo atendimento aos agricultores.

O Projeto Centro-Sul de Feijão e Milho é desenvolvido no Paraná através de parceria entre Emater, Syngenta, Iapar, Embrapa e Instituto Agronômico de Campinas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.