Campo Mourão

18/04/2017

Seminário sobre alimentação animal movimenta Janiópolis

Desde 2011 a prefeitura e o Instituto Emater de Janiópolis vêm implementando o projeto Leite Qualidade, dirigido aos criadores do município. A meta é melhorar os índices de produtividade do rebanho. De acordo com José Cláudio do Padro, do Instituto Emater, atualmente as propriedades das 40 famílias assistidas pela extensão rural têm uma produtividade média de 12,6 litros/dia animal. Até o ano que vem, o objetivo é chegar a 15l/dia/animal.

Para atingir essa meta, os técnicos estão qualificando os produtores. No dia 12 de abril, 80 produtores participaram de um seminário que discutiu diversos pontos importantes para a bovinocultura de leite. A mineralização dos animais, e a suplementação alimentar com o uso da aveia foram temas de debate. O seminário foi organizado pelo Instituto Emater com o apoio da Prefeitura, Coamo Agroindustrial, Laboratório Prado e Câmara de Vereadores.

“Ouvimos as famílias para saber quais suas prioridades. Já sabemos que a maior preocupação dos produtores é com o cascalhamento das estradas e carreadores, a compra de equipamentos agrícolas, a correção e manutenção de pastagens”, afirmou o extensionista. Como neste projeto a propriedade é analisada de forma mais ampla, os técnicos também levantaram as dificuldades sociais, na área de saúde e segurança pública. “O Departamento de Agricultura e a Emater estão olhando a vida do produtor. Observamos, recentemente, muitos casos de mortes de produtores com até 60 anos. Isso é o reflexo da ocorrência de doenças cardíacas, pressão alta e colesterol”, alertou  José Cláudio. A Secretaria Municipal da Saúde também vai fazer campanha para mudar os hábitos dos produtores.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.