Projeto Bovinocultura de Leite

O Estado do Paraná é o terceiro maior produtor de leite do Brasil com 3,9 bilhões de litros por ano e representa a cadeia produtiva mais importante para os agricultores familiares do Estado. Esta produção é obtida por 110.000 produtores, dos quais 86% são pequenos produtores com até 250 litros/dia. O sistema é baseado na produção a pasto, sendo que a maioria das propriedades tem até 50 ha.

O desafio principal da atividade é aumentar a produtividade e a renda dos produtores que têm o leite como principal fonte de renda. Para tanto, é importante a ação do estado para construir um ambiente propício em todos os segmentos da cadeia produtiva para a adoção de tecnologias de produção e de industrialização, organização dos produtores e para estimular relações estáveis entre os diferentes segmentos da cadeia produtiva, especialmente entre os produtores e as indústrias de laticínios, visando garantir um processo de comercialização justo e seguro.


Leite e arvores Pasto manejado
Pastagem e Silvicultura
Pastos com Manejo


É igualmente importante a ação do estado no sentido de promover o acesso dos produtores de leite às políticas públicas de crédito, de seguro, de garantia de preços, de mercados institucionais e de capacitação, como forma de estimular os investimentos e qualificar os processos de produção, de gestão e sucessão das unidades produtivas.

No Instituto Emater o projeto leite é significativo e tem ações planejadas em 305 municípios, abrangendo todas as regiões do estado, com uma grande estrutura técnica capacitada, que além de executar as políticas públicas, orienta os agricultores nos aspectos de produção, gestão, organização e qualidade do leite.

 
Recomendar esta página via e-mail: