Habitação Rural

O Instituto Emater contribui de forma decisiva para a viabilização do Programa Habitacional Rural que vem sendo desenvolvido, no Estado do Paraná, mediante parceria entre vários órgãos vinculados aos Governos Federal, Estadual e Municipal, inclusive atavés de parcerias com instituições não governamentais, como cooperativas e sindicatos rurais.

O Programa tem como objetivo propiciar o acesso a casa própria aos agricultores familiares do Paraná e executar serviços de melhorias e reformas em moradias rurais já existentes, ofertando habitações dignas, com segurança e habitabilidade, incluindo a infraestrutra básica necessária para a melhoria da qualidade de vida da população no meio rural, como abastecimento de água, esgotamento sanitário e energia elétrica.


Casas construídas pelo projeto Habitação rural no Paraná
Casas construídas pelo projeto Habitação rural no Paraná
 Casas construídas e entregues aos produtores pelo Projeto Habitação Rural no Paraná

Os recursos para a construção e a execução de melhorias nas moradias rurais são oriundos do Programa Nacional de Habitação Rural – PNHR, integrante do programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV, repassados pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal. O Governo do Estado do Paraná participa do Programa fornecendo os projetos executivos das moradias, prestando assessoramento técnico na sua construção e social para as famílias beneficiadas e quando necessário, poderá complementar os recursos de subvenção exigidos para a sua conclusão.

As principais atribuições do Instituto Emater, em apoio a Companhia de Habitação do Paraná - Cohapar, Entidade Organizadora do Programa, envolvem a participação na divulgação do Programa, na escolha dos Municípios e seleção dos beneficiários, na coleta da documentação pessoal e de possa da áreas/glebas rurais, a obtenção do ponto georreferenciado do local onde serão construídas as moradias, a elaboração do croqui de acesso das moradias e apoio na elaboração e execução dos trabalhos técnicos sociais junto às famílias beneficiadas.


Recomendar esta página via e-mail: